Sistema que bloqueia celular pirata estreia no Brasil; 1ª fase começa por Goiás e DF

O sistema para bloquear celular pirata entra em operação no Brasil a partir desta quinta-feira (22). Nessa primeira etapa, a ação ocorrerá apenas no Distrito Federal e em Goiás, mas abrangerá todo o país até março de 2019. Inicialmente, os donos de aparelhos irregulares nessas duas regiões serão apenas avisados do problema. O bloqueio dos celulares só ocorre dentro de 75 dias, em 9 de maio. Nas demais regiões do país, o bloqueio ocorrerá em duas fases, programadas para 8 de dezembro de 2018 e 24 de março de 2019 (veja o cronograma abaixo). Quais celulares serão bloqueados Serão bloqueados apenas

Leia mais…

Transcrição de gravações: modalidade de perícia ou documento?

A utilização de gravações de conversas por meio de interceptações telefônicas de acordo com a Lei 9296/96 ou mesmo de gravações clandestinas, ambientais ou realizadas com a anuência dos interlocutores, torna-se cada vez mais comum nos inquéritos policiais e nos processos penais. Quando se define a transcrição como “prova pericial”, sua produção deve regrar-se de acordo como o Título VII (Da Prova), Capítulo II (Do exame de corpo de delito e das perícias em geral), artigos 158 a 184, CPP. Leia todo o artigo em Jusbrasil – https://goo.gl/mmGCka  

Perícia diz que bebê encontrado em saco de lixo morreu há cerca de 2 dias

A perícia realizada pela Polícia Civil concluiu que o bebê encontrado morto em saco de lixo às margens de BR, próximo a Campina, morreu há cerca de 2 dias. O bebê encontrado na manhã desta quinta-feira (15) dentro de um saco de lixo, jogado às margens da BR 104, entre as cidades de São Sebastião de Lagoa de Roça e Esperança, no brejo paraibano. A criança, do sexo masculino, estava envolta em um saco transparente, dentro de um saco de lixo de cor azul. O bebê foi encontrado já sem vida por um grupo de pessoas que esperavam ônibus às margens

Leia mais…

Moro nega pedido de Lula para suspensão de perícia sobre sistema de propina da Odebrecht

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, negou, na tarde desta quinta-feira (15), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender a perícia no sistema de propina da Odebrecht. Para Moro, a suspensão “não faz o menor sentido”. A defesa protocolou o pedido na quarta-feira (14), sob o argumento de suspeita de fraude ou de manipulação no software “MyWebDay”, desenvolvido pelo Grupo Odebrecht para gerenciar a contabilidade paralela. No documento, a defesa do ex-presidente pediu que o Ministério Público Federal (MPF): Esclarecesse quando teve conhecimento de que a

Leia mais…

Sistema de propina da Odebrecht deve render meses de trabalho para peritos da PF

A análise de todas as informações dos sistemas de controle de pagamento de propina da Odebrecht ainda deve render meses de trabalho para peritos da Polícia Federal em Curitiba. O laudo da primeira perícia nas plataformas Drousys e My Web Day precisa responder até 22 de fevereiro questões formuladas na ação penal que trata da propriedade de um terreno que seria destinado ao Instituto Lula e de um apartamento em São Bernardo do Campo, em São Paulo. Depois disso, novos pedidos de análise podem chegar à equipe de peritos. A sede da Polícia Federal em Curitiba tem uma estrutura que

Leia mais…